Quando pensamos em pedras preciosas, é comum que venham à nossa mente joias brilhantes e translúcidas, de cores vibrantes e intensas. Porém algumas pedras podem trazer variações com mais de uma cor naturalmente em sua composição, como o caso das turmalinas. Diz a lenda que a turmalina, antes de chegar até o centro da Terra, passou por um arco-íris e pegou todas as suas cores. As pedras bicolores dão origem a joias muito bonitas e cheias de personalidade, sendo difícil encontrar duas semelhantes no mercado e portanto são únicas e raras! Quer saber mais sobre elas? Acompanhe o nosso post e não perca!

Sobre as turmalinas

rp_turmalina1.jpg

Seu nome é originário do cingalês, idioma falado no Sri-Lanka e vem de “tura male”, que quer dizer pedra com a mistura de cores. A turmalina é nada mais do que uma mistura composta por alumínio e boro, que se alteram devido a qualquer interferência, por menor que seja.

Turmalinas bicolores

pedras-bicolor

A composição da turmalina é considerada complexa, estando em constante mutação. A pedra sofre influência na cor devido a qualquer mudança em sua composição, mesmo que seja uma interferência sutil. Por este fato pode ser encontrada em uma infinidade de nuances cromáticas, da mesma forma que pode possuir variado número de faces. Sua preciosidade se dá por seu espectro de cores – não somente porque traz cores muito variadas, mas também porque pode mudar de coloração dependendo da posição em que ela é observada.

Bicolores verde e rosa

Equilibram a energia do yin-yang, sendo conhecidas como as pedras das relações. Amenizam sentimentos ruins como o ciúme, o ódio e o julgamento. O rosa é a cor do amor, enquanto o verde é o equilíbrio das emoções do coração. Aumentam a clareza mental, trazendo uma energia e sensação boa para com o futuro.

Vermelho e rosa

As pedras que trazem nuances de vermelho e rosa atraem amor, entusiasmo e alegria. Elas ligam-se ao coração na parte emocional, em direção ao equilíbrio. Ajudam a curar mágoas passadas e revigorar o amor. Protegem o corpo de irradiações negativas e atraem bons fluidos.

Azul e verde

Sua energia é boa para combater as vibrações negativas, favorecendo a sensibilidade, a inspiração e o espírito de solidariedade. É uma pedra associada à cura e a proteção: purifica todo o sistema nervoso e acalma os nervos e o cérebro. Restabelece a autoconfiança e desfaz rancor. É uma pedra usada para favorecer o pulmão, mas também auxilia problemas na garganta, na laringe e na tireoide. É usada para combater o estresse e trazer mais tranquilidade para combater a insônia. É associada ao chacra do coração e da laringe.

Turmalina bicolor em joias

turmalina_2

As turmalinas bicolores ficam lindas em brincos com formato de gota ou com lapidações quadradas. Também ficam muito bem em anéis no dedo anular e pulseiras delicadas. Os pingentes em formatos colunares e prismáticos são muito apreciados.

A turmalina pode ser encontrada com mais facilidade no Brasil, Namíbia e Estados Unidos. Podem ser encontradas também no Sri Lanka, Urais e República do Madagascar. A pedra é associada aos signos de Capricórnio, Libra e Escorpião.

O que você achou da turmalina bicolor? Aproveite para aprender como combinas as cores das joias com seu tom de pele.

 

Aproveite para baixar um de nossos e-books com dicas exclusivas!Banner Chat Sugerido 3

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *