Banner_7

Existem dezenas de gemas e só o Brasil produz 90 tipos diferentes. Algumas são muito conhecidas e várias delas são citadas na Bíblia. Outras são conhecidas apenas por uma parcela restrita da população, seja por terem sido descobertas em tempos relativamente recentes, seja por não serem encontradas com facilidade no mercado.

 

Veremos a seguir uma dessas preciosidades brasileiras: o citrino. Acompanhe!

 

 

O citrino, conhecido como “o irmão da ametista”, possui uma tonalidade que varia do amarelo ao laranja – excepcionalmente, encontram-se gemas em tom conhaque, caso em que vale bem mais.

 

É importante salientar que o citrino é extremamente raro no Rio Grande do Sul e que a produção provém do aquecimento da ametista, o que provoca oxidação do ferro nela existente e consequente mudança de cor. Isso é feito quando a cor da ametista é muito fraca, impedindo-a de alcançar bom preço no mercado. Nem sempre, porém, o tratamento térmico dá um produto de muito valor. O que chamam, no comércio, de “topázio Rio Grande” nada mais é do que esse citrino.

 

Por longos anos, foi conhecido como a Pedra do Sol derivado das crenças gregas e romanas, onde era famoso por ser um símbolo do sol. É a pedra dos nascidos em novembro e do signo de Gêmeos.

 

O Brasil e a Escócia são os maiores produtores mundiais de citrino, embora muitos países sul-americanos sejam fonte de citrino, incluindo Argentina, Bolívia e Uruguai, mas o Brasil produz alguns dos melhores citrinos do mundo, que é conhecido por seus tons quentes e únicos, que variam de amarelo a vermelho. A cor é resultante da combinação de alta pressão e alta temperatura durante sua formação de manganês e titânio.

 

Associada ao sucesso e à prosperidade, o citrino espelha o poder do sol nos designs da ArtOuro. Para as mulheres, ele cria a forma de celebrar a feminilidade e a modernidade ao mesmo tempo. Um extraordinário par de brincos de citrino em você é como ser portadora do sol eterno da juventude! Ou um colar de citrino caído do céu vai reunir a sua força interior com o charme antigo. Você pode personalizar a maior estrela do Universo para se transformar em anéis de citrino acessíveis e poder ser a estrela de onde você está!

 

Quer saber mais sobre o citrino e outras preciosidades? Assine nossa newsletter e fique sempre por dentro das novidades do universo das gemas preciosas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *