template_post

Segundo Pesquisa Nacional da Saúde, realizada em parceria com o Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE), o número de cães nos lares brasileiros superou o de pequenos humanos. Os dados divulgados mostram que a cada 100 famílias, 44 criam cachorros, enquanto apenas 36 tem crianças, ou seja, são 52 milhões de cães contra 45 de crianças de até 14 anos, nos deixando no mesmo nível de países mais desenvolvidos como Estados Unidos e Japão. Inacreditável!

Por que amamos tanto essas pequenas criaturas?

Ele não liga se você mora em uma mansão ou na rua, qual a sua religião ou cor da pele. Vasilhas com água limpa e comida, um pouco de cuidado, respeito e carinho bastam para ganhar o coração e a confiança desse ser que há muito é considerado o melhor amigo do homem. Isso é suficiente para explicar a presença desses adoráveis seres em nada menos do que 44,3% dos lares brasileiros.

Além de entreterem as famílias com filhos, frequentemente são escolhidos como uma alternativa para preencher o vazio dos lares com pouca gente ou mesmo aquela sensação de ninho e berço vazio. Com o aumento da população idosa, cujos filhos já saíram de casa, e das mulheres que vêm tendo menos bebês, sobram espaço, tempo e dinheiro para os bebês de 4 patas.

Mercado de luxo para pets

Exagero? Pode acreditar: é um segmento em crescimento. Quer mais? Não existe crise para o mercado pet. O mercado tem faturamento médio de R$16 bilhões, colocando o Brasil na terceira posição do ranking mundial e sua tendência é de crescimento acima do PIB.

Quem tem um orçamento que lhe permita certos luxos e ama animais, não poupará gastos para eles. Tudo para preencher uma carência do dono que muitas vezes investe mais no bichinho do que nele próprio, vendo o animalzinho como um membro da família.

Acha absurdo? Pois saiba que os pets possuem sua própria Semana de Moda. Sim, a New York Pet Show apresenta as últimas tendências do mercado, com desfiles de cães que arrasam nos looks.

template_post

Para se ter uma ideia do potencial e da credibilidade desse segmento, que está sempre em busca de inovação e tendo a tecnologia cada vez mais a favor dos donos e de seus bichinhos, algumas marcas já tem produzido artigos para pets. O que acharia de ter uma peça da Gucci ou Louis Vuitton embelezando ainda mais seu animalzinho? Chique?

template_post

Joias do mundo quatro patas

Eles já fazem parte da família. Por isso, muito investimento é feito para deixá-los fofos, elegantes e estilosos. Uma preocupação comum é que os acessórios não machuquem os animais e uma dica para que isso não aconteça, é analisar a medida da peça e o porte do animal.

Mas o que usar? Com tantas opções, fica difícil escolher um modelo. Mas fiquem tranquilos: acompanhe algumas dicas que temos para vocês.

Coleiras e presilhas coloridas deixam seu pet ainda mais fashion. Celebridades, como Paris Hilton, aderiram à moda e deixaram de lado a coleira tradicional. Ao comprar, escolha uma peça que não aperte ou puxe os pelos e que seja do tamanho adequado.

template_post

E para os que não usam coleira, mas ainda merecem ser estilosos, invista em colares. Se você tem um gatinho, uma ótima escolha é o colar-like, que pode ser encontrado nas mais diversas opções de estilos e cores, sendo os mais comuns os feitos em prata, ouro ou cravejados com pedras.

template_post

Outra opção é o clip-on brincos, aqueles que não precisam de perfuração. Os bichanos ficam lindos e luxuosos com eles. Mas tenha cuidado ao colocar a peça para não machucar ou aborrecer o animal.

template_post

O que está esperando para presentear seu melhor amigo?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *