SETEMBRO DOURADO 2017_post blog

Setembro Dourado

Você sabe o que significa o Setembro Dourado? Nada mais é do que uma campanha nacional de conscientização da sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil.

Mas por que Setembro Dourado? Porque muitos países já utilizam este mês e esta cor para alertar a sociedade sobre a luta contra o câncer infantojuvenil e também porque nossas crianças e jovens valem ouro.

O câncer infantil já representa a 1ª causa de mortalidade (7% do total) de crianças e adolescentes no Brasil. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), no país, anualmente, são mais de 10 mil novos casos de câncer registrado na faixa etária de 5 a 19 anos. Este dado aponta para um problema de saúde pública, que merece atenção da população e dos profissionais de saúde.

O câncer infantojuvenil é uma doença de evolução rápida e não é prevenível, sendo o diagnóstico precoce o grande aliado para o combate da doença. Se diagnosticado cedo, as chances de cura podem chegar a 80% dos casos.

O câncer infantojuvenil corresponde a um grupo de várias doenças que têm em comum a proliferação descontrolada de células anormais e que pode ocorrer em qualquer local do organismo. Os mais frequentes na infância e adolescência são as leucemias (que afetam os glóbulos brancos) e os do sistema nervoso central e linfomas (sistema linfático).

SETEMBRO DOURADO 2017_post blog

A campanha visa também sensibilizar o poder público para o fato de que no Brasil falta especialista na maioria das cidades, dificultando a identificação do câncer, que muitas vezes é confundido com doenças comuns da infância, como verminoses e anemias.

Convidamos todos a formarem uma corrente do bem em prol da conscientização sobre os sintomas da doença e a importância do diagnóstico. Vamos vestir o Brasil de dourado, inspirando uma atitude positiva com vista a uma melhor qualidade da assistência para obtenção de maiores taxas de cura com qualidade de vida.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *