investimento

As joias são peças eternas que agradam diferenciadas faixas etárias, estilos e gêneros. Sempre haverá alguma peça que será compatível com o seu gosto. Portanto, comprar joias ou presentear com elas serão sempre boas alternativas. Que namorada ou esposa não gostaria de ganhar uma joia em alguma ocasião especial? Além de serem ótimas aquisições para o uso, as joias e pedras preciosas são vistas, cada vez mais, como uma boa alternativa para investimento. Investir em joias e pedras preciosas têm sido uma atitude recorrente dos mais antenados no mundo dos negócios. Continue com a leitura e veja por que você deve investir em pedras preciosas!

Investimento seguro

ouro

O ouro é apontado pelos especialistas como um metal seguro para se investir, pois em momentos de instabilidade financeira na economia mundial, o preço dele tende a subir, mostrando-se, assim, como um ótimo investimento com bom retorno financeiro.

Além disso, o investimento em joias e pedras preciosas promove uma preservação do poder de compra, uma vez que elas não perdem o valor em cenários de alta inflação. Em contraposição ao que ocorre com os ativos financeiros, como ações, por exemplo, as joias dificilmente sofrerão perdas significativas de valor. Esta capacidade de não se desvalorizar é uma característica fundamental para um bom negócio.

Grande variedade de opções

pedras-preciosas

Desde metais como ouro, prata e platina à grande diversidade de pedras preciosas que estão em oferta no mercado, essas peças constituem-se como um bom investimento, mas é muito importante conhecer os produtos antes de adquiri-los como investimentos. Você pode conferir também o nosso artigo sobre como identificar pedras preciosas e semipreciosas clicando aqui.

Uso como garantia

garantia

Outra vantagem de se investir em joias e pedras preciosas está na redução dos juros nos empréstimos. É possível usar essas peças, em momentos de necessidades, como artifícios de garantia em empréstimos em instituições financeiras, garantindo uma taxa de juros bem mais vantajosa.

Dessa forma, não será perdida a propriedade das joias e pedras preciosas, que poderão ser vendidas em um momento futuro e ainda possibilitar um cenário mais favorável para o momento em que for necessário recorrer a um empréstimo.

Alta liquidez

joias

É importante pontuar, também, a alta liquidez que joias e pedras preciosas adquirem no mercado, principalmente quando comparadas a outros ativos físicos, como imóveis. Os investidores dessas peças não encontram tantas dificuldades em revendê-las, quando assim desejarem.

Investir em joias é bem vantajoso, pois a sua revenda atinge um público muito amplo, que compreende desde crianças, até idosos, homens e mulheres.

Quanto mais diversificado for seu acervo de joias e pedras preciosas para investimento, mais fácil será retorná-las ao mercado em momento oportuno, uma vez que a diversidade aumenta as chances de agradar o mercado consumidor. A dica então é diversificar na hora de investir, principalmente em um mercado como o brasileiro, que apresenta várias pedras preciosas, tais como a turmalina Paraíba, a ametista, esmeralda e rubelita.

Outra dica para tornar viável investir em joias é com relação à conservação. Quanto melhor conservadas as peças estiverem, maior liquidez elas alcançarão. Para saber como conservar as suas joias clique aqui.

E então, o que achou sobre o investimento em joias? Achou que compensa mais do que outros investimentos que você realiza? Para continuar recebendo as nossas dicas curta a nossa página no Facebook e continue acompanhando o nosso blog!

 

Aproveite para baixar um de nossos e-books com dicas exclusivas!Banner Chat Sugerido 3


2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *