HONG KONG GEM_post blog

Procurando um par de alianças ou um anel de noivado e não sabe muito bem se deve optar por um diamante ou por uma zircônia na hora de escolher a pedra da joia? Relaxa, pois isso é muito mais comum do que você imagina.

Muita gente ainda tem dúvidas a respeito da diferença entre a zircônia e o diamante. Hoje vamos esclarecer de vez essa questão. Vamos dar uma olhada?

 

O que é zircônia?HONG KONG GEM_post blogExiste na natureza um mineral raro que é o resultado da cristalização do óxido de zircônio, conhecido como baddeleyíta e, por este motivo, é denominado zircônia. Seu brilho singular e intenso é gerado pela incidência da luz sobre a gema. Nas zircônias naturais, as cores mais frequentes são as acinzentadas e as vermelhas, enquanto as mais raras são as transparentes.

Porém, a zircônia mais conhecida, falada e utilizada é a zircônia sintética ou cúbica – mesma composição da natural, mas cristalizada em formato cúbico -, gema desenvolvida em laboratório que é a mais perfeita imitação do diamante. A zircônia cúbica é extremamente durável e possui inúmeras variações de cor, o que possibilita imitar outras gemas.

 

O que é diamante?

O diamante é uma gema natural formada a partir do carbono. A única interferência do homem se dá em seu processo de lapidação, que deve valorizar suas características naturais. Uma boa lapidação obedece regras de proporção corretas e com uma maior reflexão da luz, conferem um brilho glamouroso à pedra.

Por serem naturais, os diamantes têm pequenas inclusões, que quanto menos existirem, mais valioso é o diamante. Um diamante sem inclusões é algo raríssimo e, portanto, ainda mais valioso. As inclusões fazem parte da “impressão digital” da pedra. Conheça aqui como avaliar a graduação dos diamantes.ZIRCONIA VS DIAMANTE_post blogFonte: Reisman

Quer saber mais curiosidades sobre o diamante? Confira nosso post aqui.

 

E agora, qual escolher?

Se o orçamento está apertado, opte pela zircônia. Caso contrário, escolha sempre o diamante. Não entendeu? A gente te explica…

O diamante tem um custo-benefício maior, apesar do seu valor elevado: é a pedra de maior dureza encontrada na natureza (dureza pode ser entendida como a dificuldade em riscar a pedra)! Sendo assim, são pedras muito duráveis.

Em virtude dessa resistência contra riscos, a pedra não fica opaca com o passar do tempo. Assim, como a ideia é justamente a durabilidade da joia, o diamante é a opção mais vantajosa. Com cuidado, uma joia com diamante pode se tornar uma peça de família e atravessar gerações.

Por outro lado, a zircônia, uma pedra de excelente qualidade, durável, brilhante e com uma variedade de cores imensa, pode ser utilizada como uma reprodução perfeita de pedras preciosas, garantindo à quem as usa beleza exuberante com um preço acessível.

 

Qual você escolheria? O glamour do diamante ou a exuberância da zircônia? Compartilhe sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *