relogio

Esqueçam os cachorros. Quando o assunto é o melhor amigo do homem, relógios e carros saem na frente. Relógio sempre foi objeto de desejo masculino.

Desde a Antiguidade, o relógio é usado como medidor do tempo, em vários formatos. Os mais antigos são os relógios de sol. A história registra que os relógio de água (clepsidras) e os relógios de areia (ampulhetas) surgiram na Judeia, por volta de 600 a.C.

A relação do homem com o relógio não é de hoje. Vem desde os primeiros modelos de bolso, no início de 1500, considerados símbolos de status, passando pela invenção do cronógrafo, em 1821, por Nicolas Rieussec, e os cronômetros profissionais usados por pilotos nas décadas de 1920 e 1930. O relógio sempre foi associado a alto desempenho e alta performance, atributos muito apreciados no universo masculino.

Se não há dúvidas em relação a essa paixão dos homens, sabemos que existem controvérsias em relação ao primeiro relógio mecânico. Uma corrente considera que o primeiro construtor de relógios foi o monge francês Gerbert, posteriormente papa Silvestre II. Outros grandes construtores e aperfeiçoadores foram Ricardo de Walinfard (1344), Santiago de Dondis (1344) e seu filho, João de Dondis, que ficou conhecido como Horologius, e Henrique de Vick (1370).

Mas por que quando falamos em relógios, pensamos logo nos homens e não nas mulheres? O motivo é simples: relógio é joia masculina por excelência! É um acessório que pode ser trocado para combinar com o costume, a camisa social ou a camiseta casual, destacando o estilo e a elegância do homem. As mulheres amam relógios e os usam diariamente também porém, elas têm mais opções de acessórios para revelar suas personalidades.

A ocasião define a escolha

Hoje em dia, com os celulares e tablets o tempo todo nas mãos, o relógio tem cada vez mais uma função estética do que funcional, mais um motivo para caprichar na escolha e adequação ao look.

Os homens não têm um só relógio, da mesma forma que não temos uma única bolsa. Um homem deve ter, no mínimo,  três relógios: um formal, um casual e um esportivo. Cada um para uma situação diferente.

O relógio formal é discreto e clássico, muitas vezes é usado para situações profissionais formais ou eventos elegantes. É muito usado também com ternos. A caixa do relógio deve ser baixa para se encaixar embaixo do punho da camisa fechada e a pulseira, normalmente, é de couro escuro.

Relógio
O relógio esportivo é aquele criado para situações de atividades externas onde se pratica algum esporte. Deve ser à prova d’água, antichoque e ter a pulseira emborrachada. Os tamanhos são maiores, as caixas mais altas e mais coloridas. Alguns têm GPS, outros têm contador de queima de calorias.

sku_916490754_5

E finalmente o relógio casual, considerado o relógio do dia a dia. Este é o relógio que você usará mais. É aquele que deve imprimir seu estilo pessoal. Normalmente tem mais design, mais detalhes e tem para todos os gostos. As caixas são altas, as pulseiras podem ser de aço, couro ou borracha, e alguns tem opção de troca de pulseira. Se você é mais fashion, também pode combinar seu relógio com pulseiras.

relogio-nibosi-original-douradoprova-dagua-12x-sem-juros-D_NQ_NP_695309-MLB29254256075_012019-F

Qual o seu estilo? Quer ficar por dentro de mais dicas? Assine nossa newsletter.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *